21 de Nov de 2017
alagoas-sera-o-primeiro-estado-a-ter-carteira-de-habilitacao-eletronica

Detran já começou testes e pretende emitir documento eletrônico em setembro

Por: Igor
30 de Ago de 2017
348

Todos os estados brasileiros devem implantar a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) até fevereiro de 2018. No entanto, Alagoas deve ser o primeiro do país a utilizar a ferramenta de acordo com informações do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL).

O documento tem o mesmo valor da versão impressa, mas com a possibilidade de ser apresentada por meio de aplicativo em smartphones. A aprovação da emissão eletrônica foi feita durante reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e aprovado pelo o Ministério das Cidades em julho.

Segundo o diretor-presidente do Detran/AL, Antônio Carlos Gouveia, a CNH-e já está em fase de testes e os técnicos do órgão estão correndo para que a versão digital esteja disponível para os condutores alagoanos na Semana Nacional de Trânsito, que acontecerá de 17 a 22 de setembro.

Ainda de acordo com Antônio Carlos, a primeira emissão deve ser apresentada durante a solenidade e Alagoas terá o primeiro motorista no Brasil com a CNH-e.

“Estou na presidência da Associação Nacional dos Detrans (AND). Então, vejo como está o andamento do processo em todos os estados. Por isso, digo que Alagoas está bem adiantado. Se tudo sair como planejado, emitiremos  a primeira CNH eletrônica do país. Porém, antes disso, estamos realizando todos os testes necessários para que não haja falhas e fraudes”, disse Antônio Carlos.

O formato digital terá validade por meio de assinatura com certificado digital do emissor ou com a leitura do QRCode.

Os agentes de trânsito também poderão consultar a situação do veículo e do condutor no aplicativo, que ainda está em fase de testes. Apesar da novidade, a CNH impressa vai continuar valendo normalmente.

Apesar de não saber ao certo como vai funcionar, a novidade agrada aos condutores.

“Legal. Ouvi algo sobre isso. Todo avanço é importante. Nós condutores de veículos seremos beneficiado com isso”, comentou o condutor Idenor Vieira Guimarães.

O taxista Cícero Gomes também acha que a CNH-e é uma ferramenta de muita utilidade para os motoristas. “Porque caso a gente esqueça a impressa em casa, temos como mostrar via aplicativo, caso sejamos parados em blitz. Vai evitar transtornos e horas de explicação para os agentes fiscalizadores”, disse o taxista.

PROCESSOS

Segundo o Detran/AL, a CNH-e por ser um meio eletrônico tem alguns pontos vulneráveis. No entanto, o diretor do órgão afirma que a equipe trabalha para cobrir esses pontos e deixar o sistema seguro contra qualquer fraude ou falha.

Ele ressalta que caso o motorista perca o celular, imediatamente deve realizar o bloqueio da CNH, para evitar que outras pessoas usem a ferramenta para cometer ilegalidade.

Alagoas será o primeiro estado a ter carteira de Habilitação Eletrônica

Cícero Gomes destaca importância da CNH-e no caso de ser parado em blitz sem documento físico por tê-lo esquecido em casa.

 

Tribuna Independente

 


commentários

Create Account



Log In Your Account