Banner Rádio Hebrom
22 de Jan de 2018
bahia-boiadeiro-afirma-que-seu-pai-e-tony-pretinho-estavam-se-preparando-para-montar-uma-chapa-na-proxima-eleicao-do-executivo-em-batalha-e-investigava-um-desvio-na-ale

Filha de Neguinho Boiadeiro concedeu entrevista em emissora da cidade de Arapiraca. Em entrevista, Bahia Boiadeiro afirmou que a família corre perigo e que irá denunciar desvios na ALE junto a Promotoria de Justiça.

Por: Igor
04 de Jan de 2018
162

Após uma ação policial, ocorrida por volta das 4:30 da madrugada desta quinta-feira, 04, onde foi invada a casa da sogra de Neguinho Boiadeiro, Bahia Boiadeiro afirmou que sua família corre perigo e que tem provas de um desvio milionário na Assembleia Legislativa do Estado (ALE). A operação teria ocorrido para investigar a morte do vereador Tony Pretinho.

Em entrevista para o Canal Oops, Bahia Boiadeiro afirmou que a família estava dormindo no momento em que policiais quebraram o portão e invadiram a casa, localizada no bairro Baixa Grande, em Arapiraca. A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública e o 3º Batalhão da Polícia Militar não souberam informar detalhes da operação.

De acordo com Bahia Boiadeiro, na casa estavam apenas dois idosos, uma mulher de 75 anos e um homem de 70, ela e dois sobrinhos. Bahia acredita que a polícia esteve na residência em busca de seu irmão, Baixinho Boiadeiro. Ela não informou se algo foi levado da casa. “Eles reviraram a casa, mas não me informaram o que estavam buscando, acho que procuravam meu irmão [Baixinho Boiadeiro]. Meu irmão não está se escondendo da justiça, está reservado aguardando uma forma segura para se apresentar ao Estado e cumprir com a lei”, disse.

O Portal Já É Notícia conseguiu ter acesso ao Mandado de Busca e Apreensão que resultou na operação desta quinta-feira, o documento é assinado pelo juiz Ewerton Luiz Chaves Carminati e foi enviado à Delegacia de Traipu no dia 20 de dezembro.

O mandado seria para investigar um crime de homicídio qualificado, que vitimou o vereador por Batalha Tony Carlos da Silva Medeiros, conhecido como Tony Pretinho. Em contato com a Diretoria de Comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas, o Portal foi informado que o juiz emitiu o mandado durante o plantão, mas que não pode dar mais informações sobre o caso, visto que o conteúdo é sigiloso.

Tony Carlos da Silva Medeiros foi morto, com cerca de vinte tiros na noite do dia 15 de dezembro, pouco mais de um mês após a morte do assassinado de Neguinho Boiadeiro, que ocorreu no dia 9 de novembro.

Apesar da busca na casa da família, Bahia Boiadeiro afirma que Neguinho Boiadeiro e Tony Pretinho estavam se preparando para montar uma chapa na próxima eleição do executivo municipal e investigando um desvio na Assembleia Legislativa de Alagoas. Por isso, a morte dos dois pode ter ligação.

Ela afirma que está em posse de documentos que comprovam a fraude na ALE e que, apesar te temer por sua vida, irá denunciar os desvios junto a Promotoria de Justiça de Alagoas.

Bahia Boiadeiro afirma que Neguinho Boiadeiro e Tony Pretinho estavam se preparando para montar uma chapa na próxima eleição do executivo municipal e investigando um desvio na Assembleia Legislativa de Alagoas.

 

Com informações de Já é Notícia

 


commentários

Create Account



Log In Your Account