18 de Nov de 2017
governador-vai-a-justica-tentar-receber-r-2-bi-da-eletrobras-antes-da-privatizacao

Por: Igor
07 de Nov de 2017
162

O governador Renan Filho já disse que não é contra a privatização da Eletrobras, mas quer receber a diferença que o Estado teria direito pela ex-Ceal.

Agora, na iminência de ter início o processo de privatização da estatal do setor elétrico – que sempre foi controlada nacionalmente pelo interminável José Sarney –, não tem jeito: o governo de Alagoas vai à Justiça, e o mais depressa possível.

O secretário George Santoro, da Fazenda, que vinha tentando negociar algum pagamento da União pela empresa, diz que “o caminho da judicialização é inevitável”.

Quanto o Tesouro Estadual espera receber da União?

Varia de acordo com os estudos encomendados pelo governo de Alagoas, mas o valor está entre R$ 800 mi a R$ 2 bi.

Cá pra nós: o que vier será lucro. Já são 20 anos, praticamente, desde que a empresa foi entregue ao governo federal em troca de dinheiro para pagar folhas salariais atrasadas dos servidores estaduais (!), e todo mundo achou “lindo”.

A esperança do governo de Alagoas é de que a cobrança judicial venha a atrapalhar os planos temerários.

O ministro Henrique Meirelles, se sabe, só pensa naquilo.

 

Ricardo Mota, TNH1


commentários

Create Account



Log In Your Account