22 de Nov de 2017
numero-3-do-nordeste-em-arrombamento-de-carros-forte-e-preso-em-alagoas

De acordo com a polícia, o preso estaria trazendo uma nova modalidade de crime para o Estado: o de roubo a carros forte

Por: Igor
30 de Out de 2017
43

A Polícia Civil de Alagoas informou em uma coletiva à imprensa que prendeu um homem acusado de ser a terceira pessoa especializada em arrombamentos a carros forte na região nordestina. A prisão ocorreu na noite do último sábado (28) onde teve uma troca de tiros em uma região bem movimentada da grande Maceió.

No primeiro momento, a assessoria da PC chegou a destacar que duas pessoas teriam sido presas, uma durante a troca de tiros e a outra em um apartamento, isso na região do Stella Maris, local onde tem um grande fluxo de transeuntes em decorrência de um hipermercado e casas de shows, além de bares e restaurantes, porém ninguém ficou ferido.

Nesta segunda-feira, 30, uma coletiva foi realizada para prestar esclarecimentos sobre a operação do Serviço de Inteligência. De acordo com o delegado Vinícius Ferrari, da seção de Roubo a Bancos, apenas uma pessoa foi presa e que foi identificada como Janilson Dionísio da Silva, conhecido como Zezé, e ele é apontado como sendo o ‘número 3? de roubos a carros forte.

Na versão do delegado o acusado estava preparando uma base especializada em Alagoas de roubos a carros forte. “Ele faz parte de uma quadrilha conhecida no nordeste como o clube da cinquentinha. Isso não é por causa da motocicleta, mas por causa da metralhadora que eles usam, que é a ponto 50 e estava preparando uma base aqui”, explicou.

Um agente do Grupo de Investigações da Delegacia Geral, que não teve a identidade revelada, destacou à imprensa detalhes sobre o momento da prisão de Zezé. Segundo ele, os agentes investigavam outro caso na manhã de sábado quando se depararam com o acusado e desde então ficaram no monitoramento.

“Nós havíamos recebido a informação de outras inteligências que ele estaria em Alagoas, mas chegamos nele por acaso. Quando foi a noite, perseguimos ele e nas imediações do Espaço 20 (na Ponta Verde) interceptamos o veículo e demos voz de prisão e ele não reagiu. Ele apresentou um documento falso, mas se contradisse”, explicou sobre a ação.

Ainda de acordo com o agente, eles foram até o apartamento onde o acusado estaria com outra pessoa, também do clube da cinquentinha, porém “o outro acusado já estava ligado, pois nos viu seguindo o Zezé e quando voltamos, ele já estava saindo e atirou contra a gente. Ele ainda pegou na contra mão e conseguiu fugir”.

As informações do delegado dão conta ainda que a Polícia Civil de Alagoas tem em mãos cinco mandados de prisão de outros Estado contra Zezé e que hoje são esperados mais quatro. “É importante destacar que o grupo é bem maior e que conseguimos pegar apenas o número três da quadrilha”, justificou.

 

Alagoas 24 Horas


commentários

Create Account



Log In Your Account