21 de Nov de 2017
vereador-neguinho-boiadeiro-e-assassinado-e-batalha-vira-palco-de-bang-bang-nesta-quinta

Por: Igor
10 de Nov de 2017
72

A cidade de Batalha, situada no Sertão de Alagoas, vivenciou um clima de guerra na tarde desta quinta-feira (09). O cenário de violência teve início com um homicídio na cidade. O Vereador José Adelmo Rodrigues, popularmente conhecido como: ‘’Neguinho Boiadeiro’’ (PSD), 61 anos, foi assassinado quando deixava o prédio da câmara de vereadores do município. Segundo informações, o crime ocorreu no inicio da tarde, Neguinho saía da sessão ordinária na companhia de um segurança quando ao adentrar em seu veículo foi surpreendido por vários disparos realizados por individuos desconhecidos. O segurança também foi atingido por disparos. O veículo saiu em alta velocidade após os disparos, não se sabe as identidades do criminosos.

Neguinho acabou não resistindo ao ferimentos e entrou em óbito, o policial civil que fazia a segurança do vereador na ocasião, identificado como: Joaquim Lins Neto, de 55 anos, deu entrada no Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, com ferimentos nas regiões do  tórax e ombro.

Após o crime, o filho ex-prefeito de Batalha Zé Miguel (in memoriam) e sobrinho do deputado estadual Luiz Dantas, identificado como: José Emílio Dantas,48 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio em sua residência. O autor da tentativa não foi identificado. Emílio foi levado para  Maceió pelo helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros Militar (CBM/AL).

Segundo informações da assessoria de Comunicação do Hospital geral do Estado (HGE), Zé Emílio, de 48 anos, deu entrada com ferimentos na região do ombro, e passou por exames de raio X. Seu estado de saúde não é considerado grave. Zé Emílio foi resgatado por uma viatura da Polícia Militar e levado até o local do embarque na aeronave para vir até Maceió.

Clima de ‘’Bang-bang’’ em Batalha

Devido o crime ao vereador e o clima de terror com tiroteios nas ruas da cidade, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informou que enviou equipes da Polícia Militar, Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Oficial e do Grupamento Aéreo da SSP para reforçar a segurança no município.

Segundo a SSP, o delegado regional de Batalha, Rômulo Monteiro, está investigando o caso. Após tomarem conhecimento do crime, o diretor da área do Sertão, delegado Cícero Lima, e o delegado de Pão de Açúcar, Sandro Marcelo, foram para a cidade ajudar na elucidação do caso.

Além de agir com o contingente policial, a cúpula da Segurança  Pública está monitorando a situação para evitar que outros fatos como este voltem a ocorrer e criem um clima de insegurança na cidade.

Famílias travam embate político há anos em Batalha

Até o momento, ainda não há informações oficiais acerca dos suspeitos, tanto dos envolvidos na execução, quanto nas duas tentativas de homicídio, nem das motivações para os crimes, mas moradores da cidade creditam os momentos de tensão e terror vivenciados hoje à briga entre as famílias.

Um dos episódios mais sangrentos – e o de maior repercussão - da rixa que já rendeu baixas dos dois lados, foi o homicídio do ex-prefeito de Batalha, José Miguel Dantas – irmão de Luiz Dantas - e da esposa dele, Matilde Toscano, em março de 1999, na AL-220.

Assassinado hoje, Neguinho é irmão do pecuarista José Laelson Rodrigues de Melo, conhecido como Laércio Boiadeiro que, em 2012, foi condenado em júri popular a 35 anos de prisão pelo duplo assassinato motivado, conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual, por disputas políticas.

Apesar da condenação, Boiadeiro deixou o Fórum do Barro Duro em liberdade, com a ressalva de não sair de Batalha e utilizar uma tornozeleira eletrônica.

Hoje, a prefeitura de Batalha está nas mãos dos Dantas, a prefeita é Marina Dantas - esposa de Paulo Dantas e nora de Luiz Dantas - mas há décadas as duas famílias se alternam no poder.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP/AL) informou que o policiamento na região foi reforçado. A expectativa é que o policiamento ostensivo acalme os ânimos e consiga evitar novas tragédias.

 

Minuto Sertão


commentários

Create Account



Log In Your Account